Desde 2018 o Cartório de Protesto de Pedro Leopoldo se dedica a APAE de Pedro Leopoldo, como um de seus projetos sociais. A campanha é direcionada à mobilização da comunidade local para compra de agendas daquela instituição com o valor arrecadado convertido para a APAE e também para arrecadação de produtos necessários e passados pela presidente como produtos de limpeza, higiene pessoal, fraudas geriátricas, lenços umedecidos, tudo de acordo com o apelo do momento. A entrega se dá em janeiro e este ano não foi diferente.

Quem é a APAE : A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) é uma sociedade civil, filantrópica, de caráter cultural, assistencial e educacional. Por isso, conta com toda a sociedade para dar continuidade ao trabalho realizado, já que as verbas públicas não são suficientes para manter o atendimento.

O objetivo institucional maior desta entidade é melhorar as condições de vida do portador de deficiência, e, principalmente, assegurar-lhe o desenvolvimento e os direitos de cidadão.

“A APAE de Pedro Leopoldo faz um trabalho lindo e a adoção desse projeto social é uma forma de agradecer toda a sua dedicação no acolhimento das famílias que precisam e contam com esse apoio! Afinal sentir que não se está sozinho é como um abraço!” – comenta Karyne Nascimento, tabeliã responsável pelo Cartório – “para o sucesso dessa campanha foi necessária a conexão de nossos colaboradores, usuários dos nossos serviços, amigos e parceiros e por isso, o nosso agradecimento é enorme!!! Todos eles tornam possível!!. Sentir que se pode reunir muitas pessoas num único objetivo é muito grandioso! Nosso muito obrigada a cada um de vocês”, finaliza.

O Cartório de Protesto informa que o projeto continua em 2021 e estará recebendo doações na própria sede do Cartório e convida toda a comunidade a participar dessa ação e desse olhar generoso ao outro. Alguns itens que sempre precisam já estão sendo recebidos: itens de higiene pessoal, limpeza, fraudas geriátricas, lenços umedecidos e mesmo o que, por ventura, pudermos doar por não mais precisar ou não mais usarmos. Tudo é sempre bem vindo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *